Inicio / Curiosidades / 7 estudos científicos que comprovam que ter um gato faz bem para sua saúde

7 estudos científicos que comprovam que ter um gato faz bem para sua saúde

Ter um animal de estimação em casa exige alguns cuidados. Mas o trabalho é pequeno se comparado aos benefícios que eles nos trazem.

Só os donos de cães e de gatos é que já puderam descobriram isso.

Se ainda não tem um bichinho de estimação para chamar de seu, saiba que nunca é tarde para adotar um.


gato-em-casa-faz-bem-a-saude-01
1 – Gatos podem reduzir os riscos de doença cardíaca
Assim como cães, os gatos também podem reduzir os níveis de stress de seus donos. Um estudo publicado no Journal of Vascular and Interventional Neurology encontrou uma diminuição do risco de morte por doenças cardíacas, incluindo acidente vascular cerebral entre as pessoas que possuem gatos.


gato-em-casa-faz-bem-a-saude-02
2 – Gatos podem ajudar crianças com autismo
Pesquisadores da Universidade de Missouri descobriram que a interação social de crianças com autismo melhorou consideravelmente quando passaram a interagir e conviver com animais de estimação. No estudo, metade das famílias que participaram tinha gatos em casa e, conforme os pais relataram os animais formaram fortes ligações com seus filhos, melhorando a interação com outras crianças e com os pais.

“Esses tipos de habilidades sociais geralmente são difíceis para as crianças com autismo”, disse Gretchen Carlisle, pesquisadora do Centro de Pesquisas em Interação Humano-Animal disse.


gato-em-casa-faz-bem-a-saude-03
3 – O ronronar dos gatos ajuda a curar ossos, tendões e músculos
O ronronar, ruído contínuo produzido pelos gatos, não apenas mostra que eles estão felizes. Um pesquisa publicada no National Library of Medicine, diz que o som também tem sido associado por muito tempo com uma capacidade de cura terapêutica em ossos e músculos de humanos. Surpreendentemente, essa afirmação parece ter a ver com a frequência de vibrações dos ruídos emitidos por estes animais.

“Esta associação entre as frequências de gatos ‘ronrona e melhor cicatrização de ossos e músculos podem fornecer ajuda para algumas pessoas com problemas”, disse Leslie A. Lyons professora assistente na Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade da Califórnia.


gato-em-casa-faz-bem-a-saude-04
4 – Encontrar o grande amor
Uma pesquisa conduzida pelo pesquisador líder pet Dr. June Nicolls verificou que as mulheres eram mais predispostas a ser atraídas por homens com animais de estimação. No estudo comprovou-se que 90% das mulheres solteiras pesquisadas ficariam mais atraídas por homens que tivessem gatos.


gato-em-casa-faz-bem-a-saude-05
5 – Menos problemas alérgicos e infecções respiratórias
Um estudo publicado pelo periódico Pediatrics revelou que o contato com cães e gatos de estimação no primeiro ano de vida pode beneficiar o sistema imunológico dos bebês, particularmente contra as doenças respiratórias.

De acordo com um estudo publicado pela American Academy of Allergy, Asthma & Immunology, crianças em ambientes urbanos, com maior exposição a bactérias, desenvolveram uma melhor sensibilidade para alergias. Bebês expostos a gatos, baratas e ratos tiveram menos probabilidade de desenvolver alergias.


gato-em-casa-faz-bem-a-saude-06
6 – Gatos melhoram a saúde mental
Em uma pesquisa realizada pela Cats Protection, 600 pessoas, onde metade tinha problemas de saúde mental, 87% dos donos de gatos sentiram que seus animais de estimação têm um impacto positivo em seu bem-estar.


gato-em-casa-faz-bem-a-saude-07
7 – Vídeos de gatos deixam você feliz
Um estudo com mais de 7.000 pessoas feito pela Indiana University Bloomington, descobriu que assistir vídeos de gatos aumenta a energia dos espectadores e causa emoções positivas, diminuindo sentimentos negativos. “Algumas pessoas podem pensar assistindo a vídeos on-line do gato não é um assunto sério o suficiente para a pesquisa acadêmica, mas o fato é que ele é um dos usos mais populares da internet de hoje e eles trabalham o emocional e ajuda na conclusão de tarefas difíceis no futuro”, Disse a professora assistente Jessica Myrick.

Via: Metro

Você pode gostar!

torradeira

Improvável – Torradeira #7

Improvável de hoje tem o jogo Torradeira: Esse cara é ruim mêmo.