Inicio / Mensagem / 10 Poemas da Paula Avelino

10 Poemas da Paula Avelino

poema_da_paula_avelino

01 – Sem se importar comigo

Eu vivo de suspiros,
de noites mal dormidas,
de sonhos não realizados.
Vivo de sorrisos e expectativas,
De calor e abraços,
vivo em seus braços
como alguém que agarra o destino,
Menino, eu vivo pro teu afeto,
pro teu abrigo e leito,
me deito contigo,
vivo sem me importar comigo,
Vivo como alguém não quer viver o amanhã
e de quem amanhece querendo viver…
Nada mais vivido como quem não acordou,
talvez só saiba quem amou,
que viver uma história não significa que não possa recriar outra,
e de outras poucas palavras eu vivo,
pra um futuro incerto e para um presente tão perto e enfim…
Que de certa forma me faz querer viver um pouco a mais pra ti,
e te fazer viver além do mais e mais pra mim.

02 –
Eu preciso de carinho,
que não me cobre pressa,
que nem tropece nos meus medos ,
e nem me empreste nada,
Que sempre que puder,
que possa vir e me abraçar,
que sempre que quiser, se deitar no meu lado
e o que foi me dado , me permita devolver.
E que não se prenda no que tiver de ser, e sim no que se ainda é,
e que se crie tempo e forma, fórmulas e chances,
o lance de que se é eterno, que se eternize na mente,
eu preciso sinceramente de sentimento,
que me preencha o vazio dos dias,
que aqueça o frio das noites, e que em algum momento
dentro de mim eu te guarde,
pra mais tarde apertar a saudade e querer te ver.
Eu preciso de mensagens de bom dia, de boa noite ou um simples olá teu.
que seja só seu, e que venha sem ser por obrigação,
e se por algum dia eu não te ter por perto,
me dividir ao meio pra não te deixar sozinho,
mas enquanto eu tiver você do lado, o certo…
e te dar o dobro do que eu quero do teu carinho.

03 – E o que tiver de ser

As mesmas palavras de amor, me cansam!
Gosto do errado e escondido… algo sem promessas.
Essas são as mentiras que eu não quero contar :
“será eterno” enquanto dure.
“Penso em você a todo momento”
ou pelo menos enquanto existir saudade.
Ah! Chega, rasgue o que me veste,
me aqueça com teu corpo…
Pode , deve e faça,
embaça o vidro da janela
Nela eu escrevo nossos nomes,
ou você me faz perder o fôlego,
ou perder o sentido….
Eu não te dei escolhas ou alguma opção,
e as regras que citei você deve quebra-las,
Seja um menino mal… seja sujeito homem,
e eu te faço sujeito!
E e desse jeito que se deve lembrar,
da mesma forma que se pode esquecer,
e se ser ou não ser é a questão,
Te devo respostas de quem sou,
Indescente, inconveniente, indiferente….
Não tem problema nenhum, vira ate qualidade.
e se de verdade quer se surpreender,
faça o que tiver de fazer… sem esperar resultado algum.

04 – Sem ser perfeito

Eu não te daria o céu, nem se eu pudesse dar
não faria o impossível por você , nem se possível fosse,
Não iria te ajudar nas quedas , sem antes rir delas
Nem arriscaria minha mão no fogo pra te proteger.
Eu não posso fazer nada por você …

Eu não diria que o teu sorriso é o mais belo, te mandaria ao dentista,
Eu não faria de você otimista nas piores situações
Nem tão pouco iria te elogiar , com essa sua voz irritante,
mas confesso que quando ganha de mim no “jogo”, é sorte de principiante!

Eu não iria perder uma oportunidade sem te sacaniar,
Não iria so rir com você , se posso rir de você também…
Eu não seria gentil se posso te mandar tomar no cu,
Não diria que você tem um lugar no meu coração, se existe lugar no ônibus
eu não buscaria você , se sei que sabe o caminho de volta.

O que eu faria por você , é o que eu poderia dar a qualquer um,
mas te faço especial pois so por você eu faço,
Eu não cobro o abraço , o conselho, os risos
eu não te proibo de errar

O que eu faria por você , é tudo que eu tenho e já neguei a todos,
é tudo que eu sou … mas não fui a ninguém!
O que eu faço é te chamar de idiota, e te tratar com amor,
o que eu fiz por você é o que busco fazer todos os dias.

05 – Desabafo do peito

Te achar idiota não fez efeito
gritar teus defeitos nada adiantou!
Te mandar tomar no cú mentalmente
sinceramente não me aliviou.
Aquelas suas mentiras sinceras
meras palavras da boca pra fora,
embora que algum dia eu tenha acreditado,
que fique bem anotado, foda-se você agora.
Não diga frases de efeito
que feito por ti jamais foram
Infeliz destino que eu tive,
mas que agora me prive
De tudo que me depredaram.
Ja deixei anotado no caderno,
pra te mandar ao inferno quando lhe ver,
porém agora pensando e vendo
estou percebendo que nem o satã pra te merecer.
Incrivel a tua falsidade e falta de caráter
ter verdade nunca foi algo pra você
Se antes ódio , raiva e tristeza
me pesa a pena , piedade ao te ver,
Não passa de um lixo não reciclável
tão provável quanto aquela merda ali
e daqui em diante me mantenho afastada
de tudo que me venha lembrar a ti.

06 –
Aqui estou pra te lembrar quem sou,
Apague aquilo que criou de mim , e
esqueça o que ja fui.
Fui longe eu sei, criei caminhos
que eu mesma ainda nao andei
trilhei destinos que não passam de sonhos.
Sonhei tão alto que eu poderia estar no céu agora,
embora meu mais lindo sonho esteja tão distante.
Eu dei a Ana o carinho e sentimento,
dei atenção as prioridades dela,
e ela viveu todos os momentos ….
que neguei a Paula.
Esta bruta, que insulta e nega
que coloca fins, sem finalidade alguma
e se uma vez acertou foi muito,
e com intuito de não se machucar,
feriu sua alma calada,
e calou-se para o mundo.
Cade Ana ?? e Tudo ?
Tudo aquilo que priorizei e a dei?
Deu-se um fim em mim/nela
cade a bela, que sorri nas quedas
que da nos trilhos e nos olhos
o brilho perdido em Paula.
La esta ela, contando as estrelas
e agradecendo cada conquista
vista pela lua, grande e crua
e por aquele jardim que não dorme a noite pra ve-la.
e enquanto as flores , perfumam a noite
Paula dorme e interroga seu medo
do escuro de dentro de si mesma
e mesmo sendo bruta
Paula ama, e vive por Ana.

07 – Volupia

Quero algo seu!!!
aquilo que sua roupa nao me permite ver,
que me toque no fundo do peito,
que tire o respeito entre nós dois,
e arde o corpo e o consolo e
tolo do amanhã que não me importa,
e de linhas tortas, façamos nosso caminho.
quero algo teu e não é seu lado bonzinho,
sua malícia me atiça e é isso,
eu preciso , busco e abuso
uso, te provo e domino…
te ensino,te faço sonhar!
E quero algo teu, e que me deixe provar
do sabor e sentir o calor de tua pele
clara , pálida e quente,
me envolva de corpo e mente…
e que a alma fique pra depois,
e de nós dois nao quero calma ,
quero de ti as tuas marcas,
pois as minhas eu vou deixar,
não irei me aquietar….
se não te morder ou beliscar ,
eu quero a ti…!

08 – Pedro
Ele nasceu da dor, do grito…
e no tapa conheceu o choro,
e a lágrima que derramou te trouxe alivio,
Aprendeu a andar por falta de colo,
Aprendeu a roubar por falta de educação,
e a canção alta que ouvia ,
mostrava toda raiva que calava em seu peito,
e direito nem seu caminho…
Por falta de auxílio ,
ele se tornou sozinho,
um pássaro sem ninho, voando sem destino algum…
Pedro que ja foi menino, e que nunca brincou,
Esse Pedro que a Pátria Amada , não amou!
Esse mesmo moleque, homem não se tornou…
Aprendeu com o poder a enganar,
aprendeu que o pobre não tem lugar…
e aprendeu que a justiça , justa nunca será…
Tantas vezes ouviu que deveria ser melhor,
e tantas vezes pensou que ja era melhor que muitos outros,
e outrora que não era melhor que ninguém…
Pedro queria ir além , queria ver a mudança que muitos falavam…
e além de Pedro outros tantos queriam….
só querem , todos querem, mas não mudam!
Somos bandidos das proóprias conquistas,
somos vitimas dos próprios assassinatos,
somos odiados pelo próprio amor
Somos todos Pedro!

09 – Quem sou

Eu sei jogar,
Sei te fazer perder
sou o dominio que te domina a mente
e o corpo.
Eu sou a corrente que te prende
e te impede.
Eu sou sua sede, que nao te cede
agua.
Eu sou a maldade, e confesso
Sou Boa nisso.
Eu sou o medo, que por temer
te faz seguir.
Sou um sorriso apagado
que a noite te faz chorar.
Sou a dor que vem de dentro
e se exala pra fora.
Eu sou o Tudo, que do nada
te trouxe aqui.

10 – Por você, Por mim.

Se o Mundo não lhe desse razões
Eu te faria Motivos, te tornaria circunstância.
Obstinação,afeição e Apego
Suficiente Pra lhe manter.

Se Ainda fosse insuficientes demonstrações
Faria de teu tão sublime e Eximio Olhar
a Unica força,Fogo que mantinha aberto os meus;
eu faria.

Tão Devaneador,versado que de minh’alma
imaculado lhe perante era.
Alimentando meu espirito de quimeras;
Utopista.

Se mesmo Néscio,plácido,quedo,pacato
Em mim palavras, chamas,flama,benevolência
és tu minha ternura,meu fulgor e ardor
Alfa e omêga ou vive-versa.

Me deslumbra,te venero,torna-se Aprazível
Uma pedra,és Topázio,crisóprazo,Ametista;
és Ágata,purpura,nardo Minha safira.
Crisólito,Esmeralda,diamante!

Se te profano,te desrespeito, te faço sujeito ,
mas não sujeito homem e sim homem sujeito;
Assim te guardo, te dou a chave
és livre ,ainda te guardo…
Minha jóia,primoroso, agua é fogo.

Você pode gostar!

links-da-semana

T-Links #243 – Links da semana

Links da semana do Tediado chegou, com muito conteúdo bom para você. Siga em frente, …