7 filmes que ficaram absurdamente melhores porque o estúdio interferiu


Share via

Embora seja verdade que estamos totalmente fascinados pelo brilho e glamour de Hollywood, como vemos tão claramente quando nossos atores favoritos enfeitam o tapete vermelho ou aparecem em filmes incríveis, muitos de nós não percebem que nem tudo que reluz é ouro. Pode parecer assim na superfície, mas, verdade seja dita, pode ficar feio sob todo aquele jazz. Temperamentos queimando devido a diferenças criativas. Backstabbing e boatos. Egos sendo pisoteados devido a problemas de atitude. E isso não acontece apenas com os atores. Muitas das maiores brigas acontecem entre os figurões por trás das câmeras.

Por essa razão, muitos diretores têm receio de criar um filme apoiado pelos principais estúdios de Hollywood. Há vantagens, é claro, a maior delas é que os grandes estúdios oferecem um enorme orçamento para trabalhar. Mas a desvantagem é que os executivos tendem a se intrometer no processo criativo e insistem que o filme é feito do jeito do estúdio, para grande desgosto do diretor.

É muito fácil dizer que o filme X é bom porque o diretor é bom ou porque tem aquele ator ou aquela atriz. Mas hoje eu vou mostrar pra vocês que o estúdio, os executivos da produção, também mandam bem. Acha que é só assinar o checão e vazar? Nada disso. São sete filmes nessa lista que ficaram melhores justamente porque o estúdio chegou e interferiu. Não acredita? Eu vou mostrar.


Compartilhe com os seus amigos!

Share via
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Send this to a friend