Inicio / Curiosidades / 5 curiosidades sobre a franquia 007

5 curiosidades sobre a franquia 007


26 filmes, mais de 50 anos de existência e sete diferentes protagonistas na pele de James Bond. A franquia 007, que já rendeu cerca de US$ 7 bilhões até hoje, carrega consigo uma longa história rica de fatos e curiosidades. Neste post, separamos as cinco principais.

Origem de James Bond
Ian Fleming, escritor e criador da franquia 007, quando questionado por qual razão escolheu o nome de James Bond, respondeu: “Eu queria o nome mais simples e mais monótono que eu poderia imaginar, James Bond parecia perfeito.” Fleming havia visto o nome como o autor de um livro intitulado Birds Of The West Indies em sua estante.

O curioso é que o Bond do livro que inspirou o nome do agente era um americano totalmente diferente do agente 007. “Bond” era ornitólogo, uma profissão em que os especialistas se dedicam em estudar as aves.
Outra curiosidade envolvendo Fleming é que ele criou o personagem enquanto estava hospedado em um hotel em Estoril, Portugal. Segundo Fleming, foi o cenário adequado para dar vida ao personagem.

Alguns atores que foram especulados para fazer James Bond
Anteriormente a Sean Connery, Fleming tinha preferência pelo ator David Niven. Cary Grant também foi especulado, mas se sentia velho para o papel. Já Patrick McGoohan recusou por achar que Bond era muito promíscuo.
Os americanos Clint Eastwood e Burt Reynolds também já recusaram o papel, pois acreditavam que Bond deveria ser britânico. Apesar de Daniel Craig insistir, Will Smith rejeitou o papel. “O mundo estava pronto para um Bond negro”, disse Craig. Talvez o mais improvável a ser especulado até hoje tenha sido o cantor britânico Tom Jones.

Uma cena com a Rainha
Você sabia que o agente já contracenou com a Rainha Elizabeth II? Isso aconteceu na abertura das Olimpíadas de Londres de 2012. Na ocasião, Craig, representando Bond, foi até ao Palácio de Buckingham para levar a Rainha ao Estádio Olímpico de Londres de helicóptero. No tour até o estádio, os principais pontos turísticos da capital inglesa que são recorrentes nos filmes da saga são mostrados, como o famoso Big Ben, London Eye e outros.

Dois filmes ao mesmo tempo em cartaz no cinema
Você sabia que, no início da década de 1980, dois filmes da série já competiram ao mesmo tempo nos cinemas? Em 1983, Sean Connery estava como James Bond no 007 Never Say Never Again ao mesmo tempo que Roger Moore, também como Bond, no 007 Contra Octopussy.

Isso aconteceu pois Kevin McClory processou Fleming pelos direitos do filme de roteiro do filme Thunderball. Com isso, McClory ganhou o direito de dirigir Never Say Never Again. O imbróglio foi grande, e causou essa curiosidade única.
Never Say Never Again marcou a última atuação de Connery como Bond. Ao todo, o ator escocês protagonizou o agente sete vezes.

Um Bond nada popular

Após a primeira “aposentadoria” de Connery, em 1967, cerca de 400 candidatos foram avaliados para suceder o ator escocês. Nessa seleção, quem levou a melhor foi George Lazenby. O australiano, no entanto, só protagonizou Bond uma vez, e isso aconteceu no longa On Her Majesty’s Secret Service (1969).
Lazenby não agradou em nada a equipe de filmagem. Com um forte sotaque australiano, em muitas de suas falas ele teve que ser dublado por um inglês. Além disso, o diretor do filme, Peter Hunt, criou um desgosto tão grande que se recusava a falar diretamente com Lazenby durante as gravações. No filme seguinte, Diamonds Are Forever (1971), Connery voltou ao papel de Bond.

Compartilhar:
Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.