10.000 pessoas querem beber esse líquido de 2000 anos


0

O mundo antigo é cheio de mistérios. As pessoas acreditavam em muitas coisas, deuses, símbolos, maldições e mitos. E ainda hoje, muitos povos se baseiam nessas crenças e seguem padrões estabelecidos há milhares de anos.

Por meio das diversas descobertas arqueológicas, podemos entender melhor como os povos da antiguidade se comportavam, se relacionavam e principalmente, no que acreditavam. E sem dúvidas, uma das maiores fontes para descobertas arqueológicas é o Egito.

É lá que estão as pirâmides, os túmulos que abrigaram os maiores faraós da história, como Tutancâmon, além da Pedra de Roseta, das imponentes esfinges, entre outras relíquias. Na verdade, todos os anos, o Egito nos reserva alguma descoberta arqueológica, que nos ajuda a recontar a história.

Recentemente, outra descoberta feita na lendária cidade de Alexandria revelou um túmulo, um sarcófago feito em granito negro ao lado da estátua de uma cabeça já desgastada. Isso levantou as pessoas a criarem algumas hipóteses.

Entre elas, sobre o conteúdo que estava lá dentro. Alguns disseram que poderia haver até mesmo uma maldição. Mas o que de fato encontraram, e o que significa essa descoberta?
Podemos descobrir isso agora.

Fatos interessantes


Compartilhe com os seus amigos!

0

Send this to a friend