CuriosidadesDestaque

44 curiosidades dos bastidores de Os Simpsons

Um dos desenhos mais famosos de todos os tempos na televisão, “Os Simpsons” estão completando 30 anos de vida, com muita história para contar. Ao longo de mais de 60 episódios, muitas mudanças, tretas, casamentos e até mortes rolaram. Listamos 44 fatos dos bastidores que todo fã precisa saber.

44 curiosidades dos bastidores de Os Simpsons

01 – Antes de ter o formato que tem hoje, “Os Simpsons” foram uma série de curtas que quase foi jogada fora. Quando a Fox comprou os direitos do desenho, os roteiristas receberam o episódio piloto e acharam uma porcaria. Felizmente, o diretor e roteirista James L. Brooks tomou a frente e insistiu para que a emissora mudasse os diálogos. Anos depois, Brooks se tornou um dos maiores vencedores de prêmios Emmy da história – sendo nove deles para “Os Simpsons”.

02 – Apesar de ser o principal “bordão” de Homer, a expressão “d’oh” nunca esteve no roteiro, que a descrevia apenas como “um grunhido irritado”. Dan Castellaneta, o dublador do personagem, decidiu interpretar isso como “d’oh”.

03 – A expressão fez tanto sucesso que foi parar no conceituado dicionário Merriam-Webster. Nele “do’h” é definido como “expressão utilizada quando você percebe que fez ou disse algo estúpido”.

04 – Todos os nomes dos personagens principais são inspirados na família de Matt Groening, o criador da série, com exceção de Bart. Como ele não queria ter um personagem com seu próprio nome, decidiu usar um anagrama da palavra “brat” (“pirralho”) para batizar o filho dos Simpsons.

05 – Matt também não queria usar o nome real de seu avô para o personagem, então pediu para os roteiristas inventarem um. A coincidência é que eles escolheram o nome Abraham, o mesmo do avô de Matt na vida real!

06 – Os atores que dublam Marge e Homer na versão francesa do desenho são casados na vida real. Os atores Phillipe Peythieu e Veronique Augereau se conheceram nas audições vocais para a série, em 1989, e se casaram três anos depois. Fofos, né?

07 – Na 11ª temporada, a esposa de Ned Flanders, Maude, morre em um acidente, mas o que muita gente não sabe é por que ela teve esse destino trágico. O que rolou é que a dubladora Maggie Roswell pediu um aumento de salário que foi negado pela Fox. Maggie, então, decidiu pedir demissão e a produtora matou sua personagem. Anos depois, no entanto, ela concordou em voltar para algumas participações especiais e apareceu na 14ª temporada como o fantasma de Maude.

08 – Ao longo dos 30 anos da série, Bart já apareceu escrevendo nada menos do que 220 frases diferentes no quadro negro que aparece na abertura da série.

09 – Algumas desses frases, aliás, não tinham a ver com a história do desenho e sim com os bastidores. Em um dos episódios, ele escreve “Eu não sou uma mulher de 32 anos”, em referência ao aniversário da dubladora do personagem, Nancy Cartwright.

10 – Quando o desenho começou, a Fox queria manter em segredo a identidade dos dubladores, só para fazer uma graça com o público mesmo. Com o tempo, ficou decidido que, claro, eles mereciam os créditos e o nome de cada um começou a aparecer nos episódios.

11 – Além de dublar Bart, Nancy Cartwright faz também as vozes de Maggie, Nelson, Rod Flanders e outros personagens menores. Fora de “Os Simpsons”, a artista deu voz também a Chuckie, de “Rugrats – Os Anjinhos” e a Kim Possible, da Disney.

12 – O som mais icônico de Maggie Simpsons é o barulho de sucção da chupeta – e quem o fez foi o próprio criador da série, Matt Groening.

13 – No episódio em que Maggie finalmente fala, quem a dubla é ninguém menos do que a icônica atriz Elizabeth Taylor.

14 – Em uma das cenas da abertura, Maggie aparece sendo passada do caixa do supermercado, que registra o valor $ 847, 63. Esse preço foi posto em 1989, baseado em uma pesquisa que mostrava o valor mensal de criar um bebê.

15 – Matt Groening decidiu que os personagens seriam amarelos para chamar a atenção de espectadores que estivessem trocando de canal. Assim que passassem por “Os Simpsons” conseguiriam facilmente identificar o programa. Deu certo: não tem quem não reconheça a família Simpson.

16 – Quem não curtiu muito o desenho foi o ex-presidente norte-americano George Bush, que acusou a série de piorar os problemas sociais do país – não à toa: como programa de humor, as figuras políticas são constantemente satirizadas.

17 – A primeira-dama Barbara Bush foi ainda mais fundo nas reclamações. “‘Os Simpsons’ são a coisa mais burra que já vi na vida”, disse em entrevista à revista People.

18 – Após essa declaração, os roteiristas do desenho escreveram uma carta à primeira-dama em nome de Marge Simpson. “Li suas críticas a minha família e fiquei profundamente magoada. Deus sabe que não somos perfeitos e, verdade seja dita, não muito normais. Mas sempre acreditei que tínhamos muita coisas em comum, cada uma vivendo para ser um homem excepcional”, dizia a carta. O mais engraçado é que Barbara Bush respondeu e se desculpou. “Que gentileza de me escrever, não sabia que você podia. Estou vendo uma foto sua e de sua família em um copo de plástico e é uma linda cena em família, com certeza um bom exemplo para nossa país. Por favor, perdoa essa língua solta. P.S.: Homer é lindo”, brincou a esposa de Bush.

19 – Em 2012, um episódios mostrava Deus servindo uma xícara de café a Satã – o tipo de piada que é proibida na televisão turca. O problema é que um dos canais de lá acabou transmitindo o capítulo acidentalmente e precisou pagar uma multa de 18 mil libras (cerca de R$ 91 mil) ao governo.

20 – Na versão do desenho exibida em países árabes, Homer não bebe cerveja e sim refrigerante, já que o consumo de álcool vai contra a religião dominante do local.

21 – Aliás, na versão árabe, o nome do protagonista foi “traduzido” para Omar Shamshoon.

22 – Um dos episódios mais comentados é o da “previsão” da eleição de Donald Trump, que foi ao ar em março de 2000 e mostrava o magnata na presidência. O que era uma piada bem escrachada na época acabou se tornando realidade. A ideia desse roteiro, no entanto, não veio assim do nada: pouco tempo antes, Trump havia falado pela primeira vez sobre seu desejo de ser presidente dos Estados Unidos.

23 – Teriam “Os Simpsons” previsto a derrota do Brasil na Copa de 2014? Em episódio que foi ao ar pouco antes do episódio, Neymar aparece machucado em um jogo e a Alemanha vence – com um placar bem mais modesto, de 2×0.

24 – A compra da 20th Century Fox pela Disney também foi “prevista” anos antes. No episódio “When You Dish Upon a Star”, de 1998, vemos um letreiro da Fox indicando que era uma divisão da Walt Disney.

25 – A crise financeira da Grécia também apareceu no desenho antes de acontecer. No episódio “Politically Inept”, de 2013, Homer aparece como comentarista em um telejornal e no letreiro aparece a chamada: “Europa coloca Grécia no Ebay”. Anos depois, o país passou por uma de suas mais profundas crises.

26 – Em episódios de 2010, Milhouse acertou quem seria o vencedor do Prêmio Nobel de Economia alguns anos depois. Ele apostou no finlandês Bengt Holmström, que levou o troféu em 2016.

27 – Toda vez que Bart vai passar um trote para o bar de Moe, ele digita o mesmo número no telefone: 764-84377. No teclado alfabético, essa sequência de números forma a palavra “Smithers” – o assistente do Sr. Burns.

28 – Michael Jackson já compôs uma música para “Os Simpsons”! Em 1990, o artista foi responsável pela produção de “Do The Bartman”, que foi parar no topo das rádios britânicas.

29 – O cantor, inclusive, participou de um dos episódios, dublando um personagem chamado Leon Kompowsky (foto acima) que acredita ser Michael Jackson. No entanto, um contrato dele o impedia de cantar no desenho, então a produção usou um imitador para cantar o “parabéns” a Lisa.

30 – A duração da abertura da série depende de quão longo é o episódio do dia. Se a história for mais curta, a animação da abertura – especialmente o trecho em que a família se senta no sofá da sala – será bem mais longa e elaborada para preencher o tempo.

31 – Matt Groening escolheu Springfield para ser a cidade dos Simpsons porque existem VÁRIAS cidades com esse mesmo nome nos Estados Unidos – o que torna Homer e sua família pessoas mais comuns e genéricas.

32 – Há uma cláusula bem específica no contrato de Matt Groening com a Fox dizendo que a emissora não pode impedir que o desenho faça piadas com a própria empresa e nem cortá-las da edição final. Em um dos episódios, eles fazem isso mesmo: o palhaço Kruty aparece anunciando um slogan da Fox News dizendo que é a “número 1 entre os racistas”.

33 – Paul e Linda McCartney concordaram em participar do episódio “Lisa, A Vegetariana”, desde que a personagem continuasse vegetariana para sempre. Além disso, a música que Paul canta no final tem a frase “a propósito, estou vivo”, uma brincadeira com as teorias da conspiração envolvendo os Beatles.

34 – No roteiro original, Homer e Krusty seriam a mesma pessoa – por isso são visualmente parecidos. A ideia do plot é que Bart percebesse que seu grande ídolo era o mesmo homem que seu pai, a quem sempre desrespeitou. Eventualmente, essa virada no roteiro foi descartada.

35 – O contrato da Fox com a série é MUITO – mas muito – longo. Mesmo. A emissora detém os direitos de “Os Simpsons” até 2082.

36 – O e-mail de Lisa e o de Homer que apareceram no desenho foram registrados na vida real – e você pode escrever para eles. Os endereços são smartgirl63_\@yahoo.com (Lisa) e [email protected] (Homer). Inclusive, às vezes eles respondem esses e-mails, geralmente com mensagens automáticas que dizem: “Querido nerd da internet, você contatou o e-mail de Homer Simpson. Não estou aqui para responder agora, então por favor envie um engradado de Duff para 642 Evergreen Terrace, Springfield, EUA”.

37 – Em um dos primeiro projetos de Matt Groening, a família Simpson não seria humana, mas sim de coelhos. Já pensou?

38 – Matt Groening homenageou “Os Simpsons” em sua própria família. Um de seus filhos de chama Homer e outro Abe, apelido de Abraham – o vovô Simpson.

39 – Na série, todos os personagens têm apenas quatro dedos na mão, com exceção de Deus e Jesus que, quando aparecem, têm os cinco dedos.

40 – Após a tragédia do 11 de setembro, um episódio em que o Simpsons viajavam a Nova York e passavam pelas Torres Gêmeas foi banido da TV norte-americana durante anos.

41 – Sabia que os membros da família Simpson têm nomes do meio? São eles: Bartolomeu “Bart” Jojo Bouvier Simpson, Elizabeth “Lisa” Jay Marie Simpson, Homer Jay Simpson, Marjorie Bouvier Simpson e Margaret “Maggie” Poolouver Abraham Simpson.

42 – Nada menos do que 500 convidados especiais já participaram da série. Entre as principais personalidades que já ganharam uma versão do desenho estão Stephen Hawking, Lady Gaga, Danny DeVito, Ellen DeGeneres, entre outros.

43 – Com décadas de histórias, “Os Simpsons” se tornaram um dos programas mais rentáveis da TV americana. Nada menos do que 3 bilhões de dólares foram arrecadados em publicidade ao longo da série.

44 – No desenho, Bart é um grande fã de McBain, um filme de ação que faz paródia de Arnold Schwarzenegger e Bruce Willis. Ao longo dos episódios, vários trechos do filme são exibidos e, se todos eles forem colocados em sequência, formam uma história completa.

Os Simpsons


Fechar