9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos


Share via

A castração nos cães e gatos é essencial na vida dos pets. É a melhor forma de promover um controle da população de animais de estimação, além de ajudar na prevenção de doenças. Apesar disso, muitos tutores ainda possuem dúvidas sobre o assunto e alguns mitos podem ser propagadados.

Quando nossos cachorros e gatos são filhotes, é natural considerar se devemos ou não castrá-los, já que não sabemos se queremos ter mais filhotinhos andando pela casa no futuro. A melhor forma de decidir, como sempre, é conversando com os familiares que vivem conosco; no entanto, antes de tomar qualquer decisão, é importante ficar atento porque existem muitos mitos sobre esse assunto que não são totalmente verdadeiros.

Pensando nisso, o Tediado fez uma pesquisa sobre as curiosidades populares relacionados a esses procedimentos. Confira com atenção e lembre-se de que a melhor alternativa é sempre consultar um veterinário.

1. As fêmeas precisam ter pelo menos uma ninhada na vida

9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos 2

Cachorros e gatos podem passar a vida toda sem ter filhotes. Na realidade, não existe prova científica de que passar por esse processo seja benéfico para esses animais de estimação. Nesse sentido, nem a castração nem a esterilização precoce fazem mal.

2. Só é preciso esterilizar as fêmeas

9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos 3

Algumas pessoas pensam que os machos não precisam ser castrados porque não engravidam. Isso é um erro, afinal de contas uma gata pode parir até três vezes por ano e um único felino pode engravidar dezenas de fêmeas; ou seja, sua castração é também muito importante. No entanto, vale a pena mencionar que as fêmeas são mais beneficiadas no processo do que os machos.

3. É melhor esperar o primeiro cio

9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos 4

Na realidade, o melhor momento é antes de começar o primeiro cio. No caso dos gatos, a idade para realizar esse procedimento em abrigos é a partir de oito semanas, mas quatro ou cinco meses é o momento ideal para isso ser feito. Já para os cachorros pequenos, o mais recomendado é aos seis meses, ou antes do primeiro cio, e entre 9 e 15 meses para cachorros maiores, para eles terem tempo de alcançar seu tamanho máximo.

4. A esterilização muda a personalidade

9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos 5

É verdade que pode haver mudanças na conduta de cachorros e gatos, mas elas se relacionam com as alterações hormonais e não com mudanças na personalidade. Os animais podem se sentir menos ansiosos, sobretudo no que se refere à marcação de território e ao domínio de outros animais. No caso dos felinos, eles geralmente ficam mais carinhosos com seus donos.

5. É uma cirurgia de risco para os animais

9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos 6

É uma cirurgia importante e não deve ser negligenciada, visto que o animal recebe anestesia geral. Além disso, como todo procedimento cirúrgico, existe algum nível de risco. No entanto, hoje em dia são realizadas muitas esterilizações e elas normalmente contam com uma equipe de profissionais que consegue reduzir os riscos de forma considerável.

6. A esterilização tem apenas efeitos positivos na saúde dos nossos animais

9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos 7

Existem alguns benefícios além do controle da população, e eles influenciam diretamente a saúde dos animais. Por exemplo, há uma redução no risco de desenvolvimento de diferentes cânceres, tanto em cachorros como em gatos. Contudo, um estudo revelou certos problemas de articulação em cachorros grandes que foram esterilizados quando ainda eram muito jovens; eles ficaram ainda maiores devido ao procedimento, portanto, suas articulações foram afetadas.

7. É inevitável que o animal engorde

9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos 8

A esterilização pode fazer com que o metabolismo do animal desacelere, causando acúmulo de gordura abdominal. No entanto, a obesidade pode ser evitada com rações adequadas e maior frequência e intensidade de atividade física.

8. Perdem a capacidade de se defender

9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos 9

Como mencionado anteriormente, a castração pode alterar os níveis hormonais dos animais, e isso pode fazer com que eles fiquem menos territoriais; no entanto, não quer dizer que seu instinto de proteção diminua, nem em relação a eles e nem em relação a nós.

9. Todos os cachorros e gatos devem ser esterilizados

9 curiosidades sobre castração de cachorros e gatos 10

A esterilização pode ser uma boa solução para controlar a superpopulação de cachorros e gatos nas cidades, mas a avaliação individual por parte de um veterinário é necessária. Afinal de contas é muito importante saber se esse caminho é de fato o melhor para o animal e, para isso, é importante que suas características sejam consideradas.

Qual é a história mais divertida que você já viveu com o seu animal de estimação? E quando acha que a conexão entre vocês ficou mais forte?


Compartilhe com os seus amigos!

Share via
Send this to a friend