Como quem dorme no ônibus sabe o momento certo de acordar?


Quem dorme no ônibus, no trem ou no metrô, seja em viagens dentro da cidade ou de um município para o outro, costuma saber o momento certo de acordar. E trata-se de uma situação, aparentemente, instintiva: parece que o corpo detecta quando se chega ao ponto correto.

Apesar de muitas pessoas acreditarem que se trata de um dom ou até de um milagre, a situação de quem acorda no momento certo após uma viagem de transporte coletivo pode ser explicada com a ciência. Foi o que fizeram dois pesquisadores dos Estados Unidos.

Marc I. Leavey, especialista em cuidados básicos de saúde, e Ronald Chervin, que é neurologista e diretor do Centro de Medicina de Distúrbios do Sono de Michigan, estudaram como a situação ocorre sob o ponto de vista científico. Os resultados da pesquisa indicam que o cérebro, mesmo em repouso, consegue perceber o momento certo de despertar.

1 – Sincronia

A primeira hipótese relacionada ao assunto foi levantada por Marc I. Leavey. Ele acredita que o “relógio biológico” do corpo está sincronizado com o ponto de partida, pois a pessoa se habituou a fazer o mesmo trajeto diariamente – e que, consequemente, tem uma duração parecida.

Leavey considera que isso só é possível se a pessoa utilizar o meio de transporte sempre na mesma hora diariamente. Caso aconteça algum atraso, existe o risco de seu corpo não despertar no momento correto.

2 – Ritmo circadiano

A segunda hipótese, de Ronald Chervin, está relacionada com o ritmo circadiano. Trata-se de um período de 24 horas pelo qual se baseia o “relógio biológico” dos humanos.

O cientista afirma que o cérebro não se desliga completamente durante o sono e que alguns estímulos são capazes de fazê-lo despertar, como anúncios das paradas, a música ou um barulho externo.

Ele acredita, ainda, que as pessoas acordam em cada ponto para checar se estão no destino final. Em caso negativo, voltam a dormir. Contudo, o cérebro não processa a memória de que você despertou e retornou ao sono, por ter sido rápido demais. Essa hipótese foi comprovada após o cientista ter observado pacientes que acordaram mais de 200 vezes por noite e não se lembravam.

Cuidados

O principal cuidado a se tomar com os cochilos pré-destino final está relacionado com a duração. A soneca não pode passar de 20 minutos, visto que, depois desse período, o corpo humano entra no sono REM – com sonhos mais realistas e repouso mais profundo.

Quem tem problemas de sono à noite também devem evitar os cochilos no transporte coletivo. A soneca pode ser profunda demais ou atrapalhar o repouso noturno.

Versão em vídeo:


Compartilhe com os seus amigos!


Escolha um formato
Quiz de personalidade
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre sua personalidade
Quiz de curiosidades
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretendem verificar o conhecimento
Enquete
Votação para tomar decisões ou determinar opiniões
História
Permitimos usar todos os tipos de postagem, vídeo, imagem, quiz, enquete...
Lista
As listas clássicas da Internet
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote no melhor envio
Lista de classificado
Voto positivo ou negativo para decidir o melhor item da lista
Vídeo
Youtube, Vimeo ou utras incorporações

Send this to a friend