Os esportes mentais mais populares do mundo


Share via
Os esportes mentais mais populares do mundo 2

Criados há alguns séculos ou até mesmo com milhares de anos, os esportes mentais conquistaram seu lugar como algumas das atividades favoritas ao redor do planeta. Sendo assim, do xadrez ao Go, aqui será possível conhecer um pouco mais sobre as modalidades mais populares do mundo.

Xadrez é o esporte mental mais clássico e tradicional

Sem sombra de dúvidas o xadrez é um dos jogos mais difíceis de se dominar. Há muito debate sobre a idade do jogo e onde ele foi criado, mas se existe uma certeza é que o objetivo desse esporte mental é dar xeque-mate no rei do oponente enquanto se mantém seu próprio monarca seguro.

Considerado um dos melhores jogos para jogar online e com diversas modalidades diferentes disponíveis, uma partida clássica de xadrez envolve dois jogadores que começam com 16 peças, que podem ser todas pretas ou brancas, de diferentes habilidades, que vão do inestimável rei a poderosa e versátil rainha até as torres, os bispos, os cavalos e os peões.

A missão é utilizar as diferentes habilidades das peças para forçar o oponente a um ‘xeque-mate’ onde o rei não pode mais evitar a captura se movendo pelo tabuleiro. Para conseguir isso é necessário usar muita estratégia e diversas táticas para mover as peças pelas 64 casas disponíveis ao redor do tabuleiro, lembrando-se sempre de seguir as regras rígidas de movimento.

Vale mencionar que nem sempre uma partida de xadrez termina em vitória ou derrota. Em algumas ocasiões é possível que o jogo acabe em um empate se nenhum rei estiver em xeque e nenhum outro movimento puder ser feito.

Poker é um dos esportes mentais mais populares entre as novas gerações

Outro jogo que tem grande popularidade é o poker. As raízes desse tradicional jogo de cartas remontam aos Estados Unidos no século XVIII, com a versão moderna da modalidade tendo surgido na Luisiana, próximo às margens do famoso Rio Mississipi, e rapidamente se espalhando pelo planeta por meio do Texas Hold’em e de versões online.

Hoje em dia, existem mais de 100 milhões de jogadores de poker online em todo o mundo que seguem os mesmos aspectos básicos do jogo de cartas, como o ranking das mãos a força de cada uma, que pode ir de um simples par até o popular Royal Flush.

Segundo algumas estimativas, existem cerca de 10 milhões de jogadores de poker no Brasil e uma parcela significativa deles pratica a versão digital semanalmente, o que explica a popularidade da modalidade no país.

Cada versão do jogo conta com uma forma diferente de ser praticada, mas a mais famosa, a já mencionada Texas Hold’em, envolve combinar duas cartas da mão com cinco da mesa para formar a melhor jogada possível, o que garante um nível gigantesco de possibilidades estratégicas para os competidores e mantém esse esporte sempre interessante.

Go é tão difícil quanto incrível

Os esportes mentais mais populares do mundo 3

Com origem chinesa, mais especificamente relacionada à antiga dinastia Zhou, o Go é um jogo de tabuleiro de estratégia abstrata para dois jogadores que conta com mais de 2500 anos de história.

Assim como o xadrez e o poker, ele ganhou ainda mais popularidade ao redor do mundo por meio da internet, com destaque especial para o Japão, que possui até mesmo um mangá chamado “Hikaru no Go”, do mesmo autor do clássico “Death Note”, que é baseado nesse esporte mental.

A princípio o Go pode parecer simples, já que ele envolve basicamente ocupar mais território que o oponente para ganhar mais pontos e eventualmente vencer, mas assim como os tradicionais problemas de lógica, essa simplicidade inicial desaparece rapidamente quando se começa a jogar.

Para praticar Go, cada jogador usa peças pretas ou brancas, conhecidas como ‘pedras’, para formar territórios ao redor de interseções vazias no tabuleiro. Elas não podem ser movidas uma vez que foram colocadas, mas é possível usar novas pedras para cercar as do oponente e conquistar pontos que seriam dele.

Quando não há mais movimentos possíveis disponíveis e não há mais território para ser conquistado, os jogadores ganham um ponto por cada um dos espaços vazios dentro de seu território e um ponto para cada pedra que capturaram de um oponente.

Considerando que o tabuleiro de Go conta com 19 por 19 espaços, existem tantas formações e movimentos que podem ser feitos que sua complexidade é praticamente imensurável – tanto que partidas profissionais podem durar mais de um ou até mesmo dois dias.


Compartilhe com os seus amigos!

Share via
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Send this to a friend