6 vilões da Disney que não são tão péssimos assim!


Share via

Em quase 100 anos de história, a Disney trouxe alguns dos personagens mais queridos da história do entretenimento. Mickey, Simba, Ariel, Stitch, Hércules, Aladdin e mais estão presentes na infância de pessoas do mundo todo. Mas os vilões do estúdio também se destacam.

Desde a primeira animação lançada pela Casa do Mickey, fãs são apresentados a personagens bons e ruins. E hoje no Tediado você confere 6 vilões da Disney que não são tão malvado.

1. Yzma, de “A Nova Onda do Imperador” (2000)

6 vilões da Disney que não são tão péssimos assim! 2

A conselheira imperial Yzma pode ser um pouco malvada, mas podemos culpá-la por querer tirar o Imperador Kuzco do comando? Kuzco, no começo do filme, não se importa com o bem estar dos seus cidadãos. Seu jeito narcisista faz ele abusar muito de seu poder. A reação da Yzma ao perder sua posição por capricho de Kuzco pode ser vista como um momento de “última gota”. A tentativa de assassinato (e transformação acidental do Imperador em lhama) foi um pouco longe demais? Sim. Mas foi injustificável? De jeito nenhum.

2. John Silver, de “O Planeta do Tesouro” (2002)

6 vilões da Disney que não são tão péssimos assim! 3

John Silver pode ser um pirata revoltado e rabugento, mas ele também é o pai que o protagonista, Jim Hawkins, nunca teve. Silver só fez o que todos os piratas fazem, foi atrás de um grande tesouro. Colocar sua tripulação em perigo foi uma consequência infeliz de seu plano grandioso. O mais importante é que Jim se tornou uma pessoa melhor e mais confiante, tudo por causa da participação de Silver em sua vida.

3. Denahi, de “Irmão Urso” (2003)

6 vilões da Disney que não são tão péssimos assim! 4

Denahi não é nada maligno, ele só está tentando se vingar do que acredita ter sido a morte de seu irmão, Kenai. Acontece que sua busca o coloca em conflito justo com a pessoa (transformada em urso) que ele está tentando vingar, então a confusão é totalmente compreensível.

4. Síndrome, de “Os Incríveis” (2004)

6 vilões da Disney que não são tão péssimos assim! 5

Síndrome admirava e queria ser como o Sr. Incrível, porém ele foi rejeitado todas as vezes que tentou ajudá-lo a salvar a cidade. O jeito que Síndrome lidou com a rejeição pode ter sido um pouco extremo, mas não foi sem motivo.

5. Cara do Chapéu (ou “Goob”), de “A Família do Futuro” (2007)

6 vilões da Disney que não são tão péssimos assim! 6

O Cara do Chapéu (ou “Goob”) virou um vilão pelas circunstâncias. Ele não conseguiu pegar um passe importante em um jogo de baseball, apanhou de seus colegas de time e se tornou uma pessoa amarga e morador permanente do Orfanato onde cresceu. Tudo isso porque o protagonista, Lewis, o manteve acordado a noite toda com seus projetos. A vida de Goob foi arruinada de uma só vez, então seu ódio por Lewis, apesar de o fazer tentar arruinar a vida de outra pessoa, é um pouco compreensível.

6. E por fim, Skinner, de “Ratatouille” (2007)

6 vilões da Disney que não são tão péssimos assim! 7

O Skinner tentou esconder quem era o dono verdadeiro do restaurante de Gusteau em benefício próprio? Sim. Ele era um sujeito sem escrúpulos? É claro. No entanto, no final, seus dois maiores pecados foram tentar impedir que um chef inexperiente herdasse um restaurante renomado e tentar expulsar um rato de sua cozinha.


Compartilhe com os seus amigos!

Share via
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Send this to a friend