16 história de vingança mais engraçada e mesquinha


Share via

Quando o usuário do Reddit u/trexradar87 perguntou: “Qual é a sua história de vingança mais engraçada?“, a internet lançou suas melhores e mais loucas histórias. Aqui estão alguns dos comentários mais bem avaliados:

1. Uma traidora:

“Minha ex me traiu com um homem casado. Agora eles moram juntos, e eu ainda tenho o login do gravador dela. Então eu fiz login, apaguei tudo que ela tinha gravado e gravei a série ‘Infiéis’ por cima. Mesquinho, mas me faz rir.” —u/redman2532

2. Um anúncio engraçado:

“Um colega de trabalho me irritou, então eu publiquei um anúncio com o telefone dele. ‘Dois bodes grátis. Hablas español’. Ele passou o resto do dia recebendo uma ligação a cada 15 minutos.” —u/JoeySalamander

3. Uma vingança molhada:

“Um moleque roubou minha garrafa d’água. Eu coloquei uma garrafa aberta dentro da mochila dele.” —u/spartan-44

4. O irmão mijão:

“Quando era criança, eu fazia xixi na cama. Agora não tenho mais vergonha disso, já que milhares de crianças têm esse problema. Mas, na época, era humilhante. Meu irmão mais novo começou a falar sobre isso pra outras pessoas na escola. Eu fiquei morrendo de vergonha.

Mesmo depois da nossa mãe dizer pra ele parar, ele continuou. Então decidi entrar no jogo… Fiquei de pé enquanto ele dormia e fiz xixi nele. Na manhã seguinte, minha mãe ficou horrorizada e ligou pra minha vó, dizendo: ‘Não sei o que fazer, agora OS DOIS mijam na cama’, claramente frustrada.

Depois de mais algumas vezes ‘incriminando’ meu irmão, ele parou de se divertir às custas do meu problema.” —u/hardybe

5. Um almoço acidentado:

“Uma pessoa no escritório sempre esmagava o almoço dos outros com sua marmita gigante. Ou ele comia tijolos ou chumbo, sei lá, mas sempre chegava na geladeira e encontrava meu almoço esmagado. Então, depois de três incidentes e de vários recadinhos meus e de outros colegas, eu tirei a marmita dele com todo o cuidado, removi a comida (um sanduíche gigante, um bolinho, batata frita, vegetais e outras coisas) e passei por cima de tudo com o meu carro. Com delicadeza, coloquei tudo de volta na marmita e na geladeira. Ele passou a deixar o almoço numa caixa térmica perto da mesa depois disso.” —u/AR3Leatherworks

6. O mistério do mouse:

“Eu odiava um colega (ele era condescendente e muito arrogante), então coloquei um bluetooth a mais no computador dele e conectei um mouse que ficava na minha gaveta. Era só eu abrir a gaveta que ele ficava fora de si. Fiz isso por uns dois meses. Ele tava prestes a cometer um homicídio quando eu decidi parar com isso.”

7. Uma pessoa protegida do sol:

“A gente tava sentado à beira da piscina e uma mulher parou ao lado da minha esposa e começou a borrifar protetor solar no corpo inteiro (e na minha esposa). A gente pediu pra ela sair com educação, mas ela ignorou e continuou. Quando saímos de lá, eu levei um dos chinelos dela comigo.” —u/whereyouatdesmondo

8. Um biscoito especial:

“Eu costumava comprar uns saquinhos de biscoitos duma padaria pequena alguns anos atrás. Eu comia um por dia, mas era um mimo pra mim mesma. Na época, meu marido e eu tínhamos uma loja, e alguns amigos ficavam por lá… E comiam TUDO que viam pela frente. Não tinham auto-controle e nem perguntavam se podiam. Eu comprava o saquinho de biscoitos pra mim e acabavam com tudo. Eu tentava esconder, mas não conseguia.

Então, eu coloquei um monte de petiscos pra cachorro num saquinho pra parecer que eram os mesmos biscoitos que eu comprava na padaria. Coloquei onde todo mundo pudesse ver e, sim, eles comeram.

Eles perguntaram se era um lote ruim ou se a padaria tinha esquecido de algum ingrediente da massa. Eu esperei eles comerem mais de três cada… E, aí, disse que era comida de cachorro. Eles nunca mais encostaram nos meus biscoitos.”

9. A vingança é um chá que se toma frio:

“Minha patroa deixa saquinhos de chá na pia, daí eu coloco na carteira dela.”

10. Um bebedor de molhos:

“No sétimo ano, eu levava almoço pra escola. A gente fazia nosso próprio molho pra salada (suco de limão, sal, óleo, etc) e um colega achou que seria legal roubar e beber antes da hora do almoço. Eu pedi pra ele não fazer isso, mas ele continuou bebendo sem parar pra eu não conseguir tirar dele. Então, em vez de fazer um escândalo, eu fiz dois molhos. Um que eu colocaria na minha salada de verdade, e outro com tudo que eu conseguisse encontrar na cozinha. Foi bem divertido ver a cara dele quando ele bebeu. Ele nunca mais roubou meu molho de novo.” —u/pipenho

11. O colega ‘prestativo’:

“Tinha um cara na faculdade que sempre faltava na aula e pedia minhas anotações. A gente tava num trabalho em grupo que valia quase 40% da nota, e ele não fez nada… Então, em vez de só dizer não na próxima vez que ele pedisse as anotações, eu tomei uma atitude nada nobre e comecei a entregar versões editadas.

Eu retirava itens de listas, definia conceitos errados ou só escrevia coisas que não faziam sentido. Um exemplo: ‘Para calcular o retorno sobre investimento, subtraia a receita anual do seu extrato bancário e multiplique pelo fator Echer (4,22)’.

Se ele tivesse tentado desvendar o texto pelo menos uma vez, ele teria se dado conta, mas isso seria esforço demais. Ele teve de fazer a matéria de novo.” —u/failing_forwards

12. O castigo pra sala toda:

“Na terceira série, me acusaram falsamente de falar quando era pra fazer silêncio. Mesmo depois do meu pai falar com a professora, ela ainda me castigou e não me deixou assistir ao filme e comer bolo com todo mundo. Um dia antes disso, eu tirei o forno elétrico da tomada antes de sair da sala pra que ninguém comesse, porque, se eu não podia comer, ninguém ia comer também.” —u/firedrafter

13. O ladrão de sanduíches:

“Isso aconteceu há algum tempo, durante um grupo de estudos no oitavo ano. Eu sempre levava dois sanduíches pra escola, um pro almoço e outro pro grupo de estudos, já que o professor deixava a gente comer na sala. Um dia, fui comer meu sanduíche, mas precisei ir ao banheiro. Quando voltei, vi um colega comendo meu sanduíche. Fiquei bem de cara, mas nada sério, então o confrontei com educação e ele negou. Eu deixei o sanduíche na mesa no dia seguinte só pra ter certeza de que tinha sido ele e, que surpresa, foi mesmo.

No terceiro dia, criei um plano. Coloquei queijo com pimenta no sanduíche e encharquei com um molho picante. Tava pingando, mas, por sorte, não dava pra sentir o cheiro. Chegando lá, deixei meu sanduíche de isca na mesma e saí pra ir ao banheiro. Dessa vez, eu demorei o máximo que pude, caminhei por toda escola. Fiz isso porque… Só era permitido que saísse um aluno por vez, mesmo só pra tomar água. Depois de dez minutos, voltei pra sala e encontrei o ladrão de sanduíches chorando sem parar, com o rosto vermelho, esperando sua vez de sair. Ele ficou no banheiro o resto do dia.” —u/iwmcguy

14. Um colega confuso:

“Aumentei a velocidade do clique duplo e fiquei observando um colega sofrer porque o clique duplo não tava funcionando.” —u/reloadingnow

15. Um truque de mágica:

“Quando era criança, ganhei um livro de mágica — era cheio de experimentos pra crianças, muito divertido. Minha irmã mais velha ficou brava ou irritada comigo por algum motivo, então eu tentei fazer um ‘truque de mágica’ do livro: enchi um copo com água e milho de pipoca e fechei com papel alumínio. Depois de algum tempo, os milhos devem estourar e fazer barulho no alumínio.

Coloquei embaixo da cama dela. O truque levou alguns dias pra ‘funcionar’, então eu tinha esquecido completamente. Até que numa noite, eu acordei, e minhas duas irmãs estavam sussurrando. Tinha estourado no meio da noite, e ela achou que tinha um rato embaixo da cama dela.” —u/caca_milis_

16. Um fabuloso guarda-roupas:

“Eu coloquei glitter nas roupas de um amigo na faculdade. Ele tinha feito uma pegadinha comigo na semana anterior e, uma semana depois, ele colocou todas as roupas pra lavar de uma só vez. Eu comprei glitter e coloquei metade da embalagem na máquina de lavar. Ele ficou fabuloso por vários meses depois disso.” —u/MenudoMenudo


Compartilhe com os seus amigos!

Share via
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Send this to a friend