12 brinquedos que quase te mataram!


Share via

Há um velho ditado que afirma que “é tudo divertido e divertido até que alguém perca um olho”. Tecnicamente isso é verdade, mas na realidade você também pode receber uma fratura, ser envenenado ou receber uma queimadura muito séria em seu corpo. Os fabricantes de brinquedos projetaram alguns produtos verdadeiramente brutais ao longo do tempo, e eles não param para pensar se esses brinquedos devem ou não ser liberados para o público em geral – e muito menos para as crianças para as quais foram destinados. Processos modernos estão crescendo mais e mais graves graças a esses brinquedos. Aqui estão alguns brinquedos infantis incrivelmente perigosos que foram proibidos.

1 – Pulseiras de pressão

12 brinquedos que quase te mataram! 2
Pulseiras de pressão eram uma vez bandas de metal com mola em várias cores de plástico ou pano. Eles poderiam ser esticados e batidos contra o seu pulso, o que permitiria que eles se enrolassem no lugar e se unissem. Eles eram populares nas escolas por volta de 1990, mas se tornaram perigosos quando cortaram carne.

2 – Boneco do fofão

12 brinquedos que quase te mataram! 3
Além de causar muito medo pela aparência, o boneco Fofão não foi banido do mercado somente por isso. Dentro do brinquedo continha um punhal. Isso mesmo!
Como a cabeça do boneco era feita de um plástico mais pesado que o restante do corpo, os fabricantes usaram um punhal para dar firmeza a cabeça.
Isso foi descoberto por acaso por uma criança que desmontou o brinquedo. A empresa tirou o fofão de circulação, colocando outro modelo, mas desta vez sem o punhal.

3 – Bolas de água colossal da ciência do monstro

12 brinquedos que quase te mataram! 4
A Bolas de água colossal da ciência do monstro era uma pequena cápsula que se dizia crescer em dinossauros como os mostrados na embalagem. Dizem que eles crescem até 400 vezes o tamanho original. Infelizmente, muitas crianças engasgaram depois de tentar comer as bolas.

4 – Barbie grávida

12 brinquedos que quase te mataram! 5
Por influenciar a gravidez precoce, essa Barbie foi proibida de ser comercializada em todos os lugares por onde passou. Porém, há rumores que nos Estados Unidos ela foi proibida por reacionários por um outro motivo: ela não estava usando aliança na mão esquerda, o que indicava que a boneca era uma mãe solteira, algo mau visto pela sociedade na época.
Mas a Barbie não foi o unica boneca a ser proibida por aparecer grávida, algumas empresas também lançaram outras, algumas até com bebês “grávidos”. O que é um absurdo e não durou muito, até que alguém denunciasse e as tirasse de circulação.

5 – Aqua pontos

12 brinquedos que quase te mataram! 6
O Aqua pontos foi uma ótima ideia originalmente, mas os designers decidiram tirá-los da mesma substância que um estupro, o que significa que, quando consumidos, os mesmos efeitos ocorrem. Algumas crianças foram deixadas em coma, enquanto algumas sofreram convulsões.

6 – Kit CSI

12 brinquedos que quase te mataram! 7
Das telinhas, para as mãos das crianças. O brinquedo que reproduz as investigações da famosa série de TV, CSI, aparentemente não contém nada de errado, pois é um jogo de investigação, fiel a série. Com luvas de látex, pincéis e até lupas era realmente divertido, se não fosse o pó de colher impressões digitais. O pó era feito de amianto.

Mais do que comprovado, o amianto é uma substância altamente cancerígena quando manuseada e principalmente quando inalada. O Brinquedo não chegou ao Brasil e não se tem noticias das pessoas que ficaram expostas ao produtos.

7 – Barcos de Bebé Aqua Leisure

12 brinquedos que quase te mataram! 8
Há algo intrinsecamente inseguro em permitir que uma criança flutue no oceano sozinha com nada além de um brinquedo por segurança. O Aqua Leisure Baby Boats foi feito de forma barata, fazendo com que os filhotes caíssem através do material e na água abaixo.

8 – Laboratório de Energia Atômica

12 brinquedos que quase te mataram! 9
Esse que por muitos é dito como o brinquedo mais perigoso do mundo, foi produzido por Gilbert, que parece tudo, menos brinquedo. É na verdade um pequeno laboratório atômico para crianças. À primeira vista não parece nocivo, contudo o criador do brinquedo não pensou muito nas consequências quando colocou urânio radioativo de verdade à disposição das crianças.
Urânio que é usado na criação de bombas atômicas é altamente radioativo, principalmente se inalado. O brinquedo também continha rádio, outro elemento radioativo.

9 – Fornos Easy-Bake

12 brinquedos que quase te mataram! 10
Fornos Easy-Bake eram imensamente populares em um ponto, e foram até mesmo votados no National Toy Hall of Fame. No entanto, a Hasbro foi forçada a retirar os fornos depois que 250 incidentes foram relatados. Uma menina de cinco anos perdeu um dedo e outras sofreram queimaduras de segundo e terceiro grau.

10 – Pistola magica

12 brinquedos que quase te mataram! 11
A “Pistola Mágica de Austin”, lançada nos anos 50, contava com produtos químicos (Carbonato de cálcio) que, se combinado com água ou saliva, ocasionava uma explosão, lançando uma bolinha que era colocada no seu cano.
Porém, a empresa criadora do brinquedo não especificava a quantidade exata de água e carbonato de cálcio, então, as crianças colocassem doses exageradas do produto, fazendo com que tudo fosse pelos ares. Houveram casos de crianças que se machucaram, pois o tiro saía pela culatra, atingindo seus rostos.

11 – Cigarros de chocolate

12 brinquedos que quase te mataram! 12
Esse não é necessariamente um brinquedo, mas o publico alvo eram as crianças. Os cigarros de chocolate foram febre durante um tempo, mas não precisa dizer mais nada, não é? Era óbvio que os cigarros doces não era boa influência para a criançada, apesar de o menino da famosa propagando dizer que nunca fumou.

Entretanto, após pressões mais tarde a fabricante do cigarro “Pan”, foi obrigada a alterar o nome para “Rolinhos de chocolate”.

12 – Locomotiva de verdade

12 brinquedos que quase te mataram! 13
Um trenzinho um pouco diferente do que estamos acostumados a ver hoje em dia. Essa locomotiva que foi criada em 1943 pela empresa Stevens, com o objetivo de se parecer ao máximo com a real. Pode se dizer que chegaram perto, pois a locomotiva era feita inteira de ferro e não funcionava com pilhas, era movida a álcool ou querosene. Por onde passava o brinquedo deixava o rastro do combustível.


Compartilhe com os seus amigos!

Share via

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Send this to a friend