18 histórias de amigo rico que vão te deixar triste


Share via

É difícil dizer alguma coisa sobre algo tão maravilhoso que se vive, se sente e se experimenta; pô-lo em palavras é quase impossível. Só se aprende mesmo o que é amizade vivendo. Amizade significa criar laços. É uma fonte que não retém a água para si (seria poço se o fizesse), mas a dá espontaneamente. O amigo também vai ao encontro de quem precisa e não espera que venham até ele. É renovação para quem dá e para quem recebe. É a descoberta de corações.

O usuário do Reddit u/martinkarolev perguntou sobre histórias de “síndrome de criança rica” (sabe, quando as crianças são mimadas). Aqui estão algumas das melhores histórias:

18 histórias de amigo rico que vão te deixar triste 3

1 – O veterano que delegava:

“Quando eu estava na faculdade, um amigo me contou que um calouro foi expulso por fazer um funcionário viajar de avião para encontrá-lo e fazer o trote no lugar dele.”

u/tuscabam

2 – Mas sexta-feira não conta:

“A mãe de um colega de faculdade deu mais de mil dólares para ele ‘passar o final de semana’, do nada. Ele gastou tudo até sábado, pediu mais dinheiro e começou a gritar com ela porque ‘ela prometeu o dinheiro para o final de semana’, e ele tinha gasto a maior parte na sexta-feira, que não conta como final de semana.”

u/chuteboxhero

3 – A terrível história do gêmeo mau:

“Estudei com gêmeos no ensino médio. No aniversário deles, acho que de 17 anos, eles ganharam duas caminhonetes iguais. Tipo, duas picapes grandonas, tunadas, fodas demais. Então, o gêmeo A (o mimado insuportável) bateu o carro em uma rapidez incrível, tipo no mesmo dia. Foi muito louco. Os pais decidem não comprar outro (embora eu tenha certeza de que o seguro cobriria, mesmo tendo sido culpa dele) para que ele aprendesse uma lição.

A lição? O gêmeo A pegar o carro do gêmeo B (o responsável) e bater de propósito.

Se ele não pudesse ter um, o seu irmão também não poderia. Completamente imprudente, rancoroso e, ouso dizer, criminoso isso que ele fez.”

u/billbapapa

4 – O pai que não aguenta mais:

“Resumindo a história: a minha ex-esposa dirigia um Honda 1998. Ela não cuidava nem um pouco do carro e, quando eu fui dirigi-lo, percebi que estava caindo aos pedaços.

Eu tinha duas opções: mandá-lo ao ferro velho ou vendê-lo. Então, coloquei um anúncio de venda por 250 dólares (cerca de R$1.250). Achei que alguma pessoa de baixa renda poderia conhecer alguém com conhecimento para restaurá-lo, mas quando conheci o comprador, não era quem eu esperava. Ele saiu de um carro novíssimo e disse que o filho dele era mimado. Ele já tinha batido uma BMW, uma Mercedes e um Audi, então ele desistiu de comprar carros bons para o filho. No fim das contas, o cara comprou o meu carro para torturar o próprio filho.”

u/Andykbrown

5 – Um bom motivo para não fazer a lição de casa:

“O meu primeiro emprego na área de ensino foi em uma escola particular em uma das regiões mais ricas dos Estados Unidos. Um dos meus alunos disse que não conseguiu fazer a lição de casa porque o seu helicóptero estragou no final de semana e ele não conseguiu sair da ilha particular da família dele. A pior parte é que era verdade.”

u/ReddishWedding2018

6 – Uma Lexus para Lexi:

“Uma colega do ensino médio ganhou uma Mercedes no aniversário de 16 anos. Reclamou sem parar porque não ganhou uma Lexus, pois o seu nome era Lexi, e ela achou que seria ‘demaaaaais’ se ela dirigisse uma Lexus com uma placa customizada com o próprio nome. Os pais cederam e deram uma Lexus no aniversário de 17 anos dela.”

Anonymous

7 – O garoto que tinha alergia a coisas usadas:

“A gente tinha um colega rico que literalmente sentia nojo do fato de nós comprarmos coisas usadas (como peças de computador, por exemplo). Uma vez, durante uma conversa, eu disse que comprei um módulo de memória usado para o meu PC, e ele disse que eu deveria ter um pouco de dignidade e, se comprasse coisas usadas, era melhor não contar para ninguém.”

u/Nathaniel66

8 – O guitarrista super generoso (ou sem noção):

“A minha história favorita aconteceu na faculdade. Um colega comprou uma guitarra Fender Stratocaster novinha, tocou por um dia, ficou entediado e vendeu para mim com estojo e tudo por 20 dólares (cerca de R$100). Eu tenho ela até hoje, 15 anos depois. É uma guitarra excelente.”

u/maklershed

9 – O colega de quarto que acha que pais são donos de fábricas de notebooks:

“Os meus pais me deram um notebook no meu aniversário de 18 anos. A minha família nunca dava presentes caros ou tecnológicos. Eu chorei quando minha mãe me entregou o presente. Eu estava me mudando para outra cidade para fazer faculdade, e tanto meu pai quanto minha mãe economizaram seis meses de salário entre os dois para conseguirem comprar. Nós nos abraçamos e choramos, foi um momento extremamente significativo e emocionante. Fui para a universidade.

O meu colega de quarto, um riquinho, trouxe duas meninas bêbadas e um cara para o nosso quarto na moradia estudantil. Eles começaram a beber e bolar becks, o que não me incomoda, pois era época de faculdade e tal. Fui para o banheiro e, quando voltei, uma das garotas bêbadas estava tentando logar no meu notebook.

Eu cheguei nela e disse: ‘Ei, esse é o meu notebook, não do nome do colega de quarto. Você pode usar, acho, mas deixa eu logar na conta de convidado’. Então, quando ela mexeu o notebook do colo dela em minha direção, derrubou uma garrafa inteira de vinho nele, o computador ficou ensopado de vinho.

Ela disse: ‘Ah! Desculpa!’, e eu fiquei tipo: ‘Que merda! Pegue uma toalha! Deixe de cabeça pra baixo!’. Eu fiquei PUTO!!! Não acreditei que isso estava acontecendo. O meu colega de quarto começou a falar para eu me acalmar e perguntou: ‘Não é só comprar um novo, cara?’.

Eu comecei a dar batidinhas no notebook e pedi: ‘Por favor, se ele parar de funcionar, vocês conseguem me ajudar a comprar um novo? Eu preciso para as aulas e tal’. Eles começam a rir de mim, dizendo ‘por que os seus pais não compram um novo para você?’.

Fiquei duas semanas exigindo que eles comprassem um novo para mim, e depois conversei com o coordenador sobre o que aconteceu. Por sorte, ele foi compreensivo e me ajudou a resolver a situação.”

u/ThaThug

10 – Um pobre universitário que não conseguia viver com R$5.000 por semana:

“Uma vez, um colega de faculdade estava nervoso porque o pai não tinha enviado o dinheiro do mês, e mil dólares (aproximadamente R$5.000) não seriam suficientes para a semana. Enquanto isso, eu contando os trocados para pagar a próxima refeição. É a vida.”

u/bubbaklutch

11 – A pessoa que pensa que todas vagas acessíveis estão a seu dispor:

“Uma pessoa me falou com toda honestidade do mundo: ‘Não é ilegal estacionar em vagas para deficientes físicos. Só custa 250 dólares (cerca de R$1.250) se me pegarem. Eu prefiro não ter que lidar com a chuva hoje’. A pessoa tem tanto dinheiro que foda-se.

Lembre-se: se a punição for uma multa, para gente rica, ilegal não existe.”

u/AlphaTangoFoxtrt

12 – Pessoas que casualmente usaram um jatinho para fazer um churrasco:

“Um amigo meu é piloto comercial e trabalha para uma grande empresa que tem um ‘departamento de voo’ com vários jatinhos e aviões turboélice. Os filhos dos donos e um grupo de amigos ganharam permissão para viajar com um dos jatinhos, saindo da parte central dos Estados Unidos e indo para as Bahamas. Chegando lá, eles encontrariam outros amigos e ficariam em uma iate enorme por uma semana. Ao chegar no local, eles se deram conta que o iate estava equipado com comidas requintadas, diferente do que eles gostavam (porcarias nada saudáveis). Então, eles mandaram os pilotos voarem de volta para a cidade deles, nos Estados Unidos. Lá, eles deveriam pegar carne para churrasco, hambúrguer, cachorro-quente, refrigerante, churrasco e um monte de outras porcarias e voltar para as Bahamas em tempo hábil para ainda conseguir pegar o iate. Custa cerca de 5 mil dólares (cerca de R$25.000) por hora para operar o jato que eles estavam usando. E isso nunca pareceu algo extremo para os donos da empresa.”

u/SevenPointLeaf

13 – A pessoa que achou que os impostos se pagavam sozinhos:

“Eu já postei isso e, antes de qualquer coisa, preciso dizer que esta é a minha melhor amiga e ela é a melhor pessoa que eu conheço (no caso, não é uma riquinha normal ou coisa assim).

Eu estava reclamando que estava com pouca grana (não poderia sair pra comer) porque precisava pagar o aluguel e renovar os documentos do carro no mesmo mês, com um só salário. Ela olhou para mim com uma cara super séria e disse: ‘Não se preocupe, eles mandam isso pra você de graça!’. Depois de uma longa discussão, ela aprendeu que, na real, a mãe dela sempre pagou as renovações anuais do carro dela.”

u/helenayo

14 – O cara até tentou trabalhar:

“Eu trabalhava no Starbucks e estava treinando o novo funcionário que tinha sido contratado. Em um momento, eu precisei ensiná-lo a limpar os banheiros. Entreguei a água sanitária e um par de luvas a ele e, me olhando com nojo, ele disse: ‘Nós não temos uma empregada para limpar os banheiros?!’. Ele se demitiu no dia seguinte.”

u/sholbyy

15 – Ele trabalhou um mês inteirinho:

“Essa história é suave, acho, mas mostra como jovens ricos podem ser sem noção e não têm a menor ideia da disparidade entre eles e as pessoas de classe média. O cara me deu uma carona em um carro novo de 85 mil dólares (cerca de R$425 mil). O carro era um modelo de edição especial, tinha acabado de ser lançado. Eu disse: ‘Caralho, o seu carro é incrível!’. E ele respondeu que gostaria que todo mundo soubesse que ele precisou trabalhar por um mês inteiro com o próprio avô e que mereceu.”

u/weighter

16 – Zero referência de valores de vinho:

“Eu trabalhei com um cara que era gente boa, mas completamente desconectado da realidade financeira da maioria das pessoas. Ele tinha acabado de se mudar e estava tentando viver como um adulto ‘normal’. Quando foi comprar um carro novo, ficou chocado que não poderiam simplesmente cobrar o pai dele, pois não o conheciam. Ele pediu uma garrafa de vinho em um restaurante e o sommelier disse: ‘Claro, senhor’ e, em seguida, sussurou: ‘Só para avisar, esta garrafa custa 700 dólares’. O meu amigo olhou para ele e perguntou: ‘Isso é muito caro?’.

u/gaqua

17 – A garota que não entendia por que o pai ficava enchendo o saco o tempo todo:

“Uma colega de trabalho me disse que odiava o próprio pai. Perguntei o motivo. Ela disse que ele não parava de pedir dinheiro desde que ele emprestou o cartão de crédito para uma viagem que ela fez para a Europa no ano passado e deixou uma dívida de 80 mil dólares (cerca de R$400 mil reais).”

u/meta_uprising

18 – E, por fim, um riquinho que pelo menos tentou ser legal:

“No meu primeiro dia trabalhando na biblioteca de uma escola particular, ajudei uma criança de 7 anos a usar a impressora. Ela tentou me dar uma gorjeta.”

u/humanextintion


Compartilhe com os seus amigos!

Share via

O que você achou?

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
0
Amei
Força Força
0
Força
Haha Haha
0
Haha
Uau Uau
0
Uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr
Tediado Tediado
0
Tediado
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Send this to a friend