Texto

6 tipos de relacionamento. Em qual o seu se encaixa?

Apesar de algumas pessoas insistirem em dizer o contrário, é bastante difícil que alguém seja plenamente feliz vivendo em solidão. Por isso, um dos objetivos de vida de certas pessoas é encontrar alguém com quem valha a pena dividir os momentos bons e ruins.

Mas existem vários tipos de relacionamentos, alguns melhores e piores que outros em diversos aspectos, e nesta lista vamos ajudá-lo a tentar entender um pouco melhor sobre o tipo de relação que você pode estar vivendo.


01 – Relacionamento baseado em aventuras.

6 tipos de relacionamento. Em qual o seu se encaixa?
De modo geral, a maioria dos relacionamentos costuma ser “eletrizante” nos primeiros meses ou anos, já que este é o período em que vigora o sentimento de paixão, da “novidade” e da “aventura”. No entanto, caso o casal deixe que as coisas caiam na monotonia e na rotina, tudo tende a ficar mais entediante.

Porém, alguns casais conseguem manter-se animados e motivados com atividades novas e programas de fujam da mesmice, sempre surpreendendo um ao outro. Estes casais normalmente possuem uma vida bastante agitada e movimentada de forma a dificultar o tédio e a sensação de que o relacionamento “amornou”.


02 – Relacionamento “competitivo”.

6 tipos de relacionamento. Em qual o seu se encaixa?
Nestes relacionamentos, os indivíduos tendem a competir pelo papel de protagonismo (mesmo que ilusório) dentro da relação. Normalmente esses casais são formados por duas pessoas de personalidade forte, que não aceitam perder em nenhum aspecto de suas vidas, mesmo que de forma prejudicial para a própria saúde emocional e dos demais. Neste tipo de relacionamento, por exemplo, é comum que existam brigas para definir quem “ganha” as discussões, quem tem o melhor argumento e quem está certo ou errado, sem se preocupar tanto em apaziguar os ânimos, muitas vezes.

Trata-se de um tipo de relação onde o clima normalmente é tenso, e que quando ninguém consegue ceder um pouco, as brigas costumam durar muito tempo.


03 – Relacionamento baseado na acomodação.

6 tipos de relacionamento. Em qual o seu se encaixa?
Em alguns casos, certas pessoas tendem a se acomodar com os problemas que enfrentam em seus relacionamentos, de forma a sequer lutar pelo fim das desavenças e para criar um clima mais agradável para o casal. Muitas vezes, os parceiros atuam de forma “ativa” e “passivo”, sendo o polo passivo aquele que acaba abaixando a cabeça para os defeitos e para os problemas do outro (não estamos falando necessariamente de atitudes abusivas, neste momento) para evitar brigas, enquanto o outro lado praticamente não se esforça para evitar os conflitos.


04 – Relacionamento de “vidas paralelas”.

6 tipos de relacionamento. Em qual o seu se encaixa?
Neste tipo de relacionamento, cada um vive a sua vida de forma quase alheia ao parceiro. O casal convive, obviamente, em momentos onde a presença do outro é indispensável, mas no restante do dia é como se ele sequer existisse ou fizesse diferença. Estas relações podem ter poucos atritos, visto que não há tantos motivos para discussões, mas o grande problema aqui é o tédio e a frieza que acabam tomando conta do relacionamento.

Deixar o outro ter o seu próprio espaço pode ser bom em determinada escala, mas quando em excesso, isso pode acabar se tornando um problema.


05 – Relacionamento com base na confiança.

6 tipos de relacionamento. Em qual o seu se encaixa?
Este talvez seja um dos tipos mais saudáveis de relacionamento, já que a confiança mútua está na base de todas as atitudes do casal, e não espaço para desconfianças e mentiras. É claro que alguns pequenos segredos são normais em todas as formas de relacionamento, mas o importante é que nada seja escondido do parceiro com o intuito de prejudicá-lo ou enganá-lo.


06 – Relacionamento abusivo.

6 tipos de relacionamento. Em qual o seu se encaixa?
Estes relacionamentos, obviamente, são os mais perigosos e prejudiciais para a saúde emocional e até mesmo física. De acordo com dados de 2016, 65,91% dos casos de violência contra as mulheres foram cometidos por homens com quem elas estavam se relacionando no momento da agressão ou já haviam se relacionado anteriormente.

Por isso, é extremamente importante que você saiba identificar os comportamentos de um companheiro abusivo, como o ciúme elevado; o controle sobre roupas, hábitos, rotina e amizades; ataques constantes à sua dignidade e autoestima bem como, obviamente, a presença de atitudes violentas (que cheguem ou não em vias de fato).

Caso você perceba que está vivendo em uma relação desta natureza, não pense duas vezes antes de buscar ajuda caso você não consiga lidar com a situação por conta própria. Não espere até que as coisas tomem uma proporção ainda mais perigosa para você.


Em qual o seu se encaixa?

Relacionamento

Fechar