Texto

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead

The Walking Dead já nos trouxe momentos inesquecíveis ao longo desses anos de série e HQ. Desde momentos heroicos a mortes inimagináveis, a série nunca deixa de surpreender.

Desde que a primeira edição chegou às prateleiras em 2003, o escritor Robert Kirkman e o artista de longa data Charlie Adlard conseguiram manter os leitores investidos no apocalipse zumbi de The Walking Dead por cerca de 193 edições.

Embora todos os grandes quadrinhos tenham que chegar ao fim, vamos ver como certas mortes de personagens de The Walking Dead causaram impacto em seus antigos leitores.

Veja, aqui, os dez momentos mais chocantes da história da HQ.

01 – A última página

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 1
Como você termina uma história de terror aterrorizante, como The Walking Dead, onde a morte é inevitavelmente iminente? Para uma série sombria, a edição final #193 termina de maneira edificante e sentimental

A imagem final, belamente ilustrada por Adlard, retrata Carl, agora mais velho e de aparência mais pesada, lendo uma história na hora de dormir para sua filha alegre, Andrea.

A série de longa duração não terminou em mais uma cena de morte chocante para espantar o leitor, mas com uma bonita mensagem pessoal de esperança.

02 – A morte de Rick

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 2
Na penúltima edição #192, Sebastian Milton, o filho mimado do proeminente líder da Comunidade das Nações, segurou sua arma à queima-roupa e disparou várias vezes no peito de Rick.

Sebastian escolheu matar Rick a sangue frio quando o ex-xerife estava de cueca e acabara de sair da cama. Se afogando em seu próprio sangue, Rick não conseguiu nem dizer uma palavra.

03 – A vitória dos Sussurradores

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 3
No vigésimo quarto volume, “Vida e Morte”, os Sussurradores tiveram uma grande vitória contra Rick e sua equipe de sobreviventes.

Seguindo as ordens implacáveis ​​de Alpha, os Sussurradores deram um golpe devastador que os tornou fracos e inúteis. Rick ficou absolutamente traumatizado quando reconheceu os rostos da longa fila de cabeças presas nos piques. Rosita e Ezequiel estavam entre as 10 vítimas decapitadas pelos Sussurradores.

04 – Aqui está Negan

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 4
No volume autônomo, “Aqui está Negan”, os leitores puderam conhecer um pouco mais sobre o passado do vilão.

Querendo ser o professor legal para as crianças, Negan às vezes ia longe demais com a sua brutalidade. Mas sempre havia sua esposa amorosa, Lucille, para alertá-lo de seus erros equivocados.

Com sua esposa acometida de câncer, Negan saiu para encontrar remédio para mantê-la quando os zumbis começaram a crescer em números. Negan teve que largar seu único amor verdadeiro para salvá-la.

05 – O massacre de Glenn

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 5
A centésima edição teve um impacto incrível, com a primeira apresentação de Negan e a aparição final do personagem querido pelos fãs, Glenn.

Este não seria um evento marcante se a parte comemorativa não tivesse a mais horrível e perturbadora morte de The Walking Dead. Balançando o taco de beisebol, chamado Lucille, Negan bateu repetidamente na cabeça de Glen, massacrando-o até morrer.

06 – Carl perde um olho

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 6
O porto seguro, conhecido como Alexandria, construiu uma parede gigante para se proteger dos mortos-vivos. Infelizmente, o grupo de zumbis que entrou foi demais para a estrutura, que já estava rachando sob pressão.

Quando os zumbis começaram a chegar, Carl foi acidentalmente baleado na cara pelo líder assustado de Alexandria, Douglas, perdendo um olho e um pouco de suas memórias passadas.

07 – A derrota do Governador

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 7
Embora The Walking Dead estivesse se preparando para um confronto final entre Rick Grimes e o Governador, na verdade era a personagem de apoio, Lilly Caul, que terminaria o trabalho.

Buscando a redenção da morte de Lori, Lilly se viu em desacordo com o Governador. Pensando que ele tinha a vantagem durante o ataque final na prisão, o Governador não esperava que Lilly o atiraria na parte de trás da cabeça.

08 – A morte de Judith

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 8
Por causa de seu amor proibido pelo melhor amigo de Rick, Lori nunca teve certeza ou possivelmente fingiu que não sabia se Shane era realmente o pai de Judith.

Lori acabaria levando esse segredo para o túmulo quando o Governador lançou seu ataque brutal à prisão. Seguindo as ordens do Governador, Lilly Caul acabou atacando Lori, matando-a instantaneamente.

09 – A mão de Rick

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 9
Este é provavelmente o momento mais grosseiro de toda a história de The Walking Dead. Durante seu primeiro confronto, Brian Blake, também conhecido como Governador, interrogou Rick e exigiu sua total cooperação.

Como Rick estava de boca fechada e se recusou a dar informações sobre seus amigos, o Governador decidiu cortar a mão direita por frustração.

Isso marcou o início do sádico reinado de terror do Governador e o início do rancor de Rick em relação a ele.

10 – A morte de Shane

10 momentos mais chocantes de The Walking Dead 10
No final do primeiro volume, “O que nos tornamos”, o confronto entre Rick e seu melhor amigo, Shane, estava chegando a um clímax intenso.

Percebendo que ele amava a esposa de Rick, Lori, e queria criar Carl como seu próprio filho, Shane estava pronto e ansioso para se livrar de Rick.

Carl era apenas um garotinho quando pegou sua arma e atirou em Shane no pescoço. Arriscando-se a salvar seu próprio pai, Carl acabou perdendo sua inocência, deixando a infância para trás e entrando na fria e amarga jornada em direção à idade adulta.

The Walking Dead

Fechar