14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas


Share via

O Japão é muito conhecido por grandes invenções, mas isso não significa que os japoneses vivam em função da tecnologia. As pequenas coisas do dia a dia, como oferecer cestas para os clientes colocarem suas bolsas nos restaurantes, mostram que muito do que acontece no país é pensado para o bem-estar das pessoas.

O Tediado decidiu olhar mais de perto para as coisas simples e importantes que acontecem na Terra do Sol Nascente. Confira agora mesmo e prepare-se para fazer as malas.

1. Adesivos de carro para pessoas com deficiência

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 2

O Símbolo Universal de Acessibilidade é uma pessoa em uma cadeira de rodas, mas o Japão optou por usar um trevo-de-quatro-folhas para representar motoristas com deficiência. A ideia é evitar qualquer confusão que leve as pessoas a pensarem que todos aqueles com deficiência usam cadeira de rodas. Como o trevo-de-quatro-folhas é geralmente considerado um símbolo da sorte, acaba passando uma ideia de algo único, ou seja, não dá destaque para interpretações negativas.

2. Adesivos de carro para pessoas idosas

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 3

No Japão, a recomendação é que os motoristas com 70 anos ou mais usem o adesivo do idoso (chamado Kōreisha), sobretudo se a idade afeta a capacidade de direção. Aqueles com 75 anos ou mais são obrigados a usar o adesivo, principalmente para que os outros fiquem mais atentos e mostrem respeito a qualquer sinal de desatenção. Essa marca também dá aos motoristas o direito de estacionar em vagas especiais.

3. Crachás de gravidez

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 4

Mulheres grávidas podem usar um crachá com a frase “Há um bebê na minha barriga”. É uma forma de avisar e de pedir que os outros cedam o lugar no transporte público. A ideia é simplesmente fazer com que a gravidez seja uma fase menos cansativa e estressante para as mulheres.

4. Vaso sanitário aquecido e com pia

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 5

Você já deve ter ouvido falar nos banheiros sofisticados que há no Japão, mas sabia que alguns têm aquecimento (o que é ótimo durante o inverno) e vêm com uma pia? A ideia é que após usar a privada você lave as mãos e a água utilizada seja usada na próxima descarga. Ou seja, além de prático e cômodo, ajuda a economizar água.

E uma privada elétrica e elevada para idosos

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 6

5. Braile em objetos do dia a dia

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 7

O braile no Japão é amplamente utilizado e pode ser encontrado em latas de bebidas, em banheiros, em mapas, nos assentos dos trens, em máquinas de moedas e até mesmo em potes de cola.

6. Marcações amarelas para orientar pessoas cegas

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 8

Inspirado no braile, Seiichi Miyake criou as linhas táteis amarelas. Elas são dessa cor para que pessoas com problemas de visão (não cegas) possam identificá-las facilmente. Os pontos servem para alertar algum perigo à frente e as barras orientam na direção.

7. Porta-guarda-chuva com cadeado

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 9

Alguns lugares no Japão oferecem porta-guarda-chuvas para evitar roubos. Dessa forma, as pessoas podem andar mais facilmente em ambientes fechados, sem bater nas outras. Esse método também é uma forma de evitar andarem com o guarda-chuva molhado, o que deixa o chão mais escorregadio e perigoso.

8. Usar uma pequena bandeja para pagar em dinheiro

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 10

Usar uma bandeja para pagar em dinheiro não é apenas um gesto educado, é também prático. Dessa forma, os clientes podem ver se o troco está correto e há menos risco de uma moeda cair no chão.

9. Telefones públicos são adaptados para quem usa cadeira de rodas

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 11

Apesar do amplo uso dos smartphones, o Japão ainda tem telefones públicos para situações de emergência, como desastres naturais. Eles costumam ser colocados abaixo do nível dos olhos para atender pessoas que usam cadeira de rodas.

10. Adesivos de carro para pessoas com deficiência auditiva

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 12

Além de reconhecer os motoristas com deficiência auditiva, ao introduzir esses adesivos o país faz um alerta aos outros condutores, reforçando que eles devem ser pacientes com aqueles que tiverem essa marcação em seus carros. O símbolo representa orelhas e se parece com uma borboleta. Quando duplicada, a palavra “chou” (ouvir) significa borboleta (“chouchou”).

11. Bandeiras amarelas para as crianças atravessarem ruas movimentadas

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 13

Como no Japão as crianças têm o hábito de se locomoverem sozinhas, muitas vezes elas precisam atravessar a rua sem a presença de um adulto. Para evitar acidentes, bandeiras amarelas que alertam os motoristas ficam disponíveis nas calçadas de ruas movimentadas. As crianças podem usá-las e devolvê-las do outro lado da rua.

12. As construções não incomodam os outros e usam objetos fofos

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 14

Para não incomodar os outros, os trabalhadores devem tentar minimizar o nível de ruído nas construções. Algumas obras só são feitas em horários determinados e sempre há uma clara orientação para os pedestres, caso haja alguma alteração de trajeto. Além disso, muitas vezes eles usam cones fofos, o que deixa a situação muito mais leve.

13. Embalagens são fáceis de abrir

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 15

As embalagens de alimentos no Japão, principalmente os vendidos em lojas de conveniência, geralmente vêm com o passo a passo sobre como abrir. Elas são pensadas para o mínimo esforço do cliente e ainda assim conservam o frescor dos alimentos.

14. Sacolas que os cervos podem comer

14 fatos de que o Japão é um país que se preocupa com o bem-estar das pessoas 16

As sacolas em Nara são feitas com caixas de leite e farelo de arroz, dessa forma os cervos não comem os sacos plásticos que normalmente são esquecidos pelos turistas. Embora tenha havido uma queda no turismo da região, as empresas continuam trabalhando para preservar a natureza.

Você já tinha ouvido falar nessas particularidades do Japão? Acha que ideias como essas funcionariam na sua cidade? Conte nos comentários.


Compartilhe com os seus amigos!

Share via
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Send this to a friend