Texto

7 motivos para assistir Chernobyl

Com excelente recepção do público e da crítica, “Chernobyl” se inspira no famoso acidente nuclear na Ucrânia, que matou dezenas de pessoas e provocou problemas de saúde em outras milhares. Listamos 7 motivos pelos quais a série merece uma chance.

7 motivos para assistir Chernobyl

01 – História real

A série recria o ambiente trágico da usina nuclear de Chernobyl durante a década de 1980 – e é tão tenso que fica difícil acreditar que não é ficção. Considerado o maior acidente nuclear da História, a contaminação por Urânio foi tão alta que outros países foram atingidos e, até hoje, os efeitos da radiação ainda são contabilizados.

02 – Briga política

Além dos terríveis problemas humanos que o acidente causou, as relações políticas também mudaram radicalmente. A partir dele, as lideranças mundiais entraram em uma discussão profunda sobre o uso de usinas nucleares e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas mergulhou em uma crise internacional.

03 – Bons personagens

Assim como em “Game of Thrones”, os personagens de “Chernobyl” vão te deixar intrigado. Não existem pessoas totalmente do bem e do mal e todos eles têm motivações questionáveis e cheias de mistérios, que vão sendo compreendidas ao longo da história.

04 – Ritmo

Como se trata de uma minissérie fechada em 5 episódios, cada episódio é importante para movimentar a história. Assim, é impossível ficar entediado ou sentir que nada acontece na trama.

05 – Cenas chocantes

Lidando diretamente com os efeitos da acidente, a série, claro, tem cenas de tirar o fôlego, que recriam o horror da radiação e o que ela pode fazer com o corpo humano.

06 – Elenco

Fora a história instigante, “Chernobyl” também conta com um elenco experiente nas telas e no cinema. Entre os principais nomes estão Jared Harris (“Mad Men” e “The Crown”), Stellan Skarsgård (“Vingadores”) e Emily Watson (“A Menina que Roubava Livros”).

07 – Diretor experiente

Além do elenco, a série tem também um nome de peso na direção, o cineasta Johan Renck. O sueco já dirigiu episódios de “Breaking Bad” e “The Walking Dead”, além de trabalhar regularmente como artistas como Madonna, Beyoncé e Robbie Williams.

Chernobyl vai ao ar na HBO às sextas-feiras, 21h. Além disso, a série está disponível no streaming HBO Go e no Net Now.

Seriados

Fechar